O ATAQUE DA MARESIA
 

 

Uma cadeira de praia, aguardando por alguém...
No assento, uma toalha rosa e um par de chinelos,
além de uma sacola.
Observei, por curiosidade, o retorno da sua dona.
A praia, lotada, justificava o mar  tão azul, com as ondas 
serenas e faceiras, parecendo exibir-se para o sol, que
brilhava intensamente.
Num piscar de olhos, levanta-se das águas uma mulher,
talvez uma sereia, de tão bela que parecia.
Era a dona da cadeira...
Cumpriu um ritual, em forma de sedução...
Exibida, secou os longos cabelos negros e, em seguida, área 
por área do seu corpo escultural, com extrema delicadeza,
parecendo uma provocação.
A vizinhança feminina "torceu o nariz", pois não sobrou nada 
para a "concorrência".
Seu biquíni  branco, insinuante e generosamente
 reduzido, parecia haver esquecido de vestir o necessário... 
Enquanto os cochichos rolavam de ouvido em ouvido, os homens
pararam de conversar, respirar e piscar...
O pior, ou melhor, estaria por vir.
Enrolou a toalha em seu corpo, cobrindo-o desde abaixo das
axilas, até acima dos joelhos, e pos-se a trocar aquele
biquíni por um short, também muito reduzido.
Ato contínuo, uma camiseta, bem vaporosa, escondeu aquele paraíso opulento...
Agora, já com os cabelos enxutos, massageou-os com creme e
passou a penteá-los.
O perfume  exalado invadiu aqueles narizes torcidos.
Terminada a tarefa, tão feminina, guardou tudo o que trocou, 
calçou os chinelos, desarmou a cadeira e se foi.
Os homens foram na mesma direção, como zumbís enfeitiçados,
ou escravos da fantasia.
As mulheres permaneceram resmungando, em voz alta.
O que diziam, não posso repetir.
Eu cumpri a minha parte.
 Permaneci em silêncio, orando baixinho 
 pela integridade física daqueles maridos, quando retornassem.
Estavam sob hipnose, por ataque da maresia...

 

 
Sinval Santos da Silveira
Veja mais poemas do autor

Clicando no seu BLOG: https://poesiasinval.blogspot.com        

Sinval Santos da Silveira
Obreiro da ARLS... "Alferes Tiradentes"
Registrado sob o nº 20 na M... R... Grande Loja de Santa Catarina
Or... de Florianópolis/Santa Catarina

 
 

 
 
"A verdade deve manifestar-se em nossos pensamentos, nossas palavras e nossas ações"
 
Mahatma Gandhi
"Jamais permita que os nós tapem a vista da janela, pois será através dela que enxergaremos a oportunidade dos laços!"

 

Áureo dos Santos