A importância do uso do incenso

O uso do incenso em uma cerimônia Maçônica faz parte da Ritualística, porque cria uma atmosfera agradável, proporciona harmonia e equilíbrio, fazendo com que o Irmão entre em sintonia com os Planos Superiores.

Associa o Homem ao Grande Arquiteto do Universo, o finito ao infinito, pois a matéria do incenso é transformada através da fumaça, que é conduzida ao infinito, lembrando-me que a minha matéria irá se transformar, sendo devolvida à Terra Mãe, e o meu Espírito dependendo do desbastes de minhas imperfeições, poderá seguir ao Oriente Eterno, rumo à fraternidade Maior, rumo ao Grande Arquiteto do Universo.

A fumaça do incenso levada ao alto leva também as preces e intenções dos homens, permitindo que eles se harmonizem com o Plano Superior.

No antigo Egito, os mortos eram preparados para os ritos funerários com o uso de essências e incenso, com o objetivo de espantar os maus espíritos que poderiam seguir o defunto na sua Passagem ao Plano Superior.

Faço uma Ilustração da presente Prancha com a parte da incensação no Rito Adonhiramita: 

"Após os anúncios ritualísticos de praxe, tendo ao fundo o amado Ir.·. M.·. de Harm.·. feito soar uma música própria, o amado Ir... Mestr.·. de CCer.·. , em seu posto, deve mentalizar o recebimento das energias cósmicas vindas pelo centro do Pavimento de Mosaico, dela se envolvendo. Dirige-se ao Alt.·. dos PPerf.·. , recolhe o turíbulo que deve conter brasas bem ardentes, faz todo o seu giro de Incensação da Loja. Iniciando-o ao posicionar-se à direita do Ven.·.Mestr.·. para receber as três pitadas, em forma triangular, magnetizadas pelo Ven.·.. Cada pitada, respectivamente, pela Sabedoria, pela Força e pela Beleza".

Existem seres artificiais gerados pelos segmentos emoções e desejos humanos, tanto podem ser bons ou maus.

Quando nos reunimos em Loja, geramos no Plano Astral uma espécie de energia, que acaba adquirindo vida própria, e naturalmente um instinto de preservação. Isto posto a Energia tende "alimentar-se" de outras energias iguais àquelas que lhe deram vida induzindo na mente dos Irmãos que a criaram, os mesmos pensamentos e emoções, formando assim a Egrégora.

Existem Larvas Astrais que atacam e destroem as egrégoras formadas em templos e igrejas. O incenso e os defumadores afugentam as lavas astrais, sendo esse o motivo pelo qual a utilizamos em nossas Sessões.

Paulo Santos, M...M...
ARLS... Verdadeiros Amigos Nº 3.902- GOSP-GOB

Fonte: goo.gl/AUrPYE

"Jamais permita que os nós tapem a vista da janela, pois será através dela que enxergaremos a oportunidade dos laços!"
Áureo dos Santos