A Verdade

Todo maçom tem de buscar a Luz, a Verdade; entretanto, a filosofia se ocupa somente de estudar a verdade em relação com as frases. A todo o momento fazemos perguntas e empregamos frases para isto. Algumas são certas e outras não. Por quê? Em que são diferentes? Estas interrogações são conhecidas como “O problema da verdade”.

Conhecer, saber, se uma frase é certa ou verdadeira é vital para poder raciocinar. Recorde o leitor que ao falar das conclusões dos silogismos quando tratamos a lógica vemos que somente se as premissas são verdadeiras podemos ter a certeza de obter conclusões lógicas verdadeiras. Vamos ver três pontos de vista sobre este tema

Primeiro ponto de vista

Uma posição filosófica afirma que uma frase certa é aquela que corresponde com um fato, isto é, que há uma correspondência entre a frase e o mundo. Isto nos obriga a definir ditas correspondências e como se produzem. Depois também é preciso definir os fatos associados. O que fazemos, em resumo, é afirmar que a verdade é uma relação entre a linguagem (frase) e o mundo (fatos). Uma relação entre “coisas” diferentes; entre os fatos objetivos da realidade e o “pensamento subjetivo” da linguagem.

Segundo ponto de vista

Outros filósofos dizem que uma frase é certa se é coerente com outras que consideramos certas. Esta teoria da coerência tem que explicar quais são estas relações de coerência e, o mais importante, que frases usar como referentes para determinar se outra é certa já que, de outro modo, poderíamos estar buscando referências “ad infinitum”.

A solução proposta é que não é possível estar equivocado sobre tudo. Podemos errar sobre uma série de crenças, mas o conjunto de frases “privilegiadas” que o ser humano emprega como referência são certas por definição com a única condição de ser coerentes. Isto de “certas por definição” não agrada a quase ninguém porque implica reconhecer que no fundo não sabemos o motivo real de porque são certas. Parece uma desculpa barata para dar como certo aquilo que nos convém e se adapta a nossas ideias, mas...

Terceiro ponto de vista

Um terceiro ponto de vista é conhecido como deflacionista. Esta teoria é muito simples: uma frase é certa quando alguém a segue. Portanto, em virtude disso, uma mesma frase pode ser verdade ou mentira. Aqui não importa para nada os fatos. A verdade não está presente na frase propriamente dita. Que a frase faça referência a fatos certos, não o faz certa de entrada, o que importa é que a pessoa creia como certa (seja ou não).

A melhor forma de definir isto, melhor seja dizendo que “uma mentira repetida continuamente termina por ser acreditada e se faz verdade na mente coletiva”. Para que isto se suceda influi também quem o diga ou acaso nunca lhe foi dito “se o diz fulano deve ser certo”?

Vejamos um exemplo de como uma frase pode ser verdade ou não. Suponha que você sai a passear com sua mulher e filhos. Depois de duas horas subindo e baixando colinas empinadas estão certamente feitos pó e você diz:

Temos caminhado muito, estamos cansados.

Os fatos são certos, não há dúvida; mas somente se sua mulher ou algum de seus filhos disser “É verdade” a frase em si mesma passará a ser certa. Se todos eles disserem “Não é para tanto” inclusive com os fatos revelando que estão cansados, a frase expressada por vocês seria falsa. A teoria deflacionista a catalogaria como frase que NÃO é verdade simplesmente porque ninguém a seguiu.

Bem terminei por hoje, foi lhe dado três pontos de vista:

1.       A frase é certa se corresponde com um fato.

2.       A frase é certa se é coerente com outras de referência.

3.       A frase é certa se alguém a segue.

Assim finalizamos. A última teoria desliga a verdade da certeza da frase. A verdade depende do grupo. Algo é verdadeiro se o grupo crê que é verdade. Assim o Sol girava ao redor da Terra. Não era certo, mas era verdade porque a Humanidade, o grupo, assim o tinha como verdadeiro.

·   Podemos, então, afirmar que a Verdade pode não ser certa?

·   Verdade e certeza são realmente diferentes?

·   Uma Verdade que não é certa invalida esse conceito de verdade deflacionista?

Autor

Mario Lopez

Fonte: https://iluminando.org/2016/03/25/filosofando-un-poco-7-de-10-la-verdad/

Tradução livre feita por: Juarez de Oliveira Castro.

"Jamais permita que os nós tapem a vista da janela, pois será através dela que enxergaremos a oportunidade dos laços!"
Áureo dos Santos