Maçonaria e Sociedade

 

Há ocasiões em que se reúnem, num Templo, Irmãos Maçons de diversas procedências, para a realização de eventos. E, embora existam graus, cargos, hierarquia e outras necessárias divisões, todos se consideram iguais, dentro do princípio máximo de nossa ordem: LIBERDADE, IGUALDADE E FRATERNIDADE!

 

MAS nessas ocasiões, um fato se destaca, acima de toda e qualquer consideração: Todos se reunem num mesmo ímpeto de amor fraterno: familiares, amigos e simpatizantes da Maçonaria...

 

A PRESENÇA de nossas cunhadas, sobrinhas, sobrinhos, parentes e amigos, é a garantia, o aval, a certeza de que estamos no caminho certo, pois o nosso objetivo final, além de alcançar a transcendência da matéria, é o bem-estar e o progresso material e espiritual de nossos semelhantes, da sociedade, enfim!

 

A MAÇONARIA, dizem, não é uma religião; não é uma entidade beneficente, nem tãopouco um clube social... Mas possui aspectos de cada uma dessas instituições...

 

NÃO é uma religião, mas exige de seus postulantes a crença em um Princípio Superior, o qual denomina de GRANDE ARQUITETO DO UNIVERSO, e apóia-se também nos ensinamentos do Livro da Lei, a nossa Bíblia Cristã.

 

NÃO é uma entidade exclusivamente beneficente, mas pratica, sem alarde, a Caridade...

 

NÃO é um clube social, mas reúne pessoas em eventos de alta significação.

 

PERLUSTRARAM suas lojas ou oficinas e templos, personalidades que povoam a história da humanidade como seus benfeitores: cientistas, políticos, estadistas, inventores, homens de ação, artistas, santos e sábios...

 

ONTEM, como hoje, a Ordem Maçônica trabalha incessantemente em benefício da raça humana, na busca de melhores condições de vida para todos. Todavia, em sua discrição, a Maçonaria não deixa que o grande público tome conhecimento do bem que patrocina... Atende ao princípio cristão segundo o qual se deve dar com a mão direita, sem que a esquerda disso tome conhecimento... E procura, ainda inspirada nos Evangelhos, "Orar na quietude dos seus Templos" e não anunciar aos quatro ventos, com estardalhaço, suas mais sensíveis manifestações espirituais...

 

ASSIM trabalhamos, assim contribuímos para a Evolução Consciente da Humanidade pois, em nosso entendimento, é esta a consecução da Grande Obra, daquela Obra tão decantada e cultivada pelos Alquimistas, através dos séculos e que constitui, afinal, o Propósito e a Razão de Ser de todas as instituições religiosas e espiritualistas, e dos esforços incessantes do Ser Humano, consciente de sua origem divina e de sua destinação transcendental.

 

Sebastião A. B. De Carvalho

E-mail do autor: abccarvalhosbs@gmail.com

ARLS Benjamin Sodré Nº 143

 

Or de Niterói/RJ

"A verdade deve manifestar-se em nossos pensamentos, nossas palavras e nossas ações"
 
Mahatma Gandhi
"Jamais permita que os nós tapem a vista da janela, pois será através dela que enxergaremos a oportunidade dos laços!"

 

Áureo dos Santos