Não corra atrás da Crise, corra na frente dela.

Em algum momento deste ano, você deve ter ouvido falar sobre redução do consumo ou está vivendo este “mau humor” econômico que já afetou muitas pessoas e organizações.

Não deixemos de ver o óbvio sobre a economia do nosso país, mas também devemos compartilhar alternativas positivas. Nas inúmeras reuniões de negócios que tenho participado, em todas elas, um fator envolveu o clima destes encontros: o tema crise foi usado como um fator impulsionador de novas ideias e novos projetos. Chamo isso de inteligência de mercado.

Mais do que nunca, é hora de buscar novas técnicas, novas ferramentas de gestão que incrementem as vendas e promovam cenários positivos aos negócios. Muitos já estão à frente e não apenas ‘correndo’ atrás da crise. Quem corre à frente, embora tenha a pressão natural do resultado, tem também uma visibilidade mais ampla do mercado, podendo encontrar saídas que outros ainda não perceberam. Portanto, a inteligência de mercado é a inteligência para o mercado.

Já escutei o seguinte: “vou cortar todos os custos, especialmente àqueles de comunicação de marca. Só a venda me interessa”. Isto é um engano, pois o reforço da marca e o bom posicionamento junto ao mundo empresarial e ao mercado mostra que a companhia não está tentando fugir da crise, mas criando alternativas inteligentes para sair dela. Aliás, o Brasil e em especial Santa Catarina tem sabido lidar muito bem destes momentos.

Por isso, o caminho é buscar inovação, criar, pensar, refletir e agir nas alternativas inteligentes que possam dar consistência ao negócio.

A inteligência de mercado exigirá profissionais conectados para pensar as saídas do problema. Os profissionais de vendas e marketing podem e devem apresentar esse caminho para o mundo novo. E ao conectar-se a estas pessoas, as empresas criarão um ambiente mais favorável, diminuindo o pessimismo. As oportunidades estão aí, mantenha o foco, ajuste o prumo e aguarde os resultados positivos.

Autor

Octávio René Lebarbenchon Neto

Presidente da ADVB/SC.

Fonte: Diário Catarinense.

"Jamais permita que os nós tapem a vista da janela, pois será através dela que enxergaremos a oportunidade dos laços!"
Áureo dos Santos