Planejamento Espiritual

 

Tudo que vamos fazer em nossa vida é necessário ter um planejamento. Nada se fará sem um planejamento, mesmo para as coisas mais simples. Inclusive inconscientemente estamos sempre fazendo planos. Se vamos para o centro da cidade, formamos um plano: vou de carro ou de ônibus. O que vou comprar ou pagar. O que vou fazer primeiro? E assim por diante.

 

Mas o que quero falar aqui é sobre o planejamento espiritual. Isso que está faltando no mundo atual e o caminho para o desenvolvimento espiritual exige, também, uma planificação dos atos.  Essa planificação poderá ser ajudada pela luz que vai iluminar as ideias.


Os obstáculos surgidos nesse desenvolvimento deverão ser eliminados, destruídos, simbolicamente, pela nossa força de vontade e determinação de cumprir todos os passos na consecução do objetivo.

 

E isso nos faz lembrar a nossa vida de Aprendiz, que somos sempre aprendizes, a PEDRA BRUTA, que somos, com o desbaste constante, com os instrumentos oferecidos, pela Maçonaria, para deixá-la polida e perfeita. 

 

Esse planejamento vai nos ajudar a assassinar, a matar definitivamente tudo aquilo que atrapalha nosso desenvolvimento espiritual. 

 

A ajuda dos Irmãos com que convivemos, vai facilitar na descoberta dos entraves que surgem na vida, para termos a força suficiente para eliminá-los e assim chegarmos ao destino traçado pelo plano.

 

É necessário descobrir e colocar bem claro em nosso plano que “assassino” é tudo aquilo que representa o mal, ou seja, todos os vícios que atrapalham o desenvolvimento espiritual do homem.

 

Há de deixar bem claro, que hoje o mal que atrapalha, poderá, amanhã, não ser um entrave para o nosso desenvolvimento. É dito isto, pensando o que disse, há 2.500 anos o filósofo grego, HERÁCLITO: “Tudo flui, tudo muda”. De fato, refletindo, Heráclito tinha razão. Neste mundo nada é permanente a não ser a própria mudança. E a mudança, sabe-se, é a substituição de atitudes. Se tomarmos atitudes é porque estamos agindo de outra maneira que não está satisfazendo para o momento. 

 

Fico imaginando como seria o mundo, hoje, se as pessoas planejassem o seu desenvolvimento espiritual em suas vidas. Não teríamos todas as barbáries que estamos assistindo e sendo testemunhas das crueldades e extinção de vida humana com a maior facilidade e, às vezes, por um pouco de dinheiro, como o fez Judas Iscariotes ao entregar o seu Senhor por um punhado de dinheiro. Ele fez um planejamento errado que o levou a se enforcar pelo arrependimento e pela ganância. 

 

Quero crer que a pessoa age dessa maneira selvagem, em razão da falta de um caminho bem planejado, ou melhor, agindo pelo instinto e como animal, tendo consequências que estamos cansados de ver diariamente.

 

Assim, com o apoio que sempre nos proporciona a Maçonaria, através de nossos irmãos, e com a perseverança contínua na busca da verdade e com um planejamento espiritual, seremos verdadeiros bravos contra as nossas fraquezas, com reais propósitos na caminhada traçada, e com a consciência tranquila, mataremos “a ignorância, os preconceitos e os erros” e levantaremos “Templos à virtude”. 

 

Tudo isto, e com a façanha que deveremos produzir com o nosso planejamento espiritual, receberemos as recompensas Daquele que nos colocou neste mundo, para sermos espelhos de virtudes e construindo um Templo humano que perpetuará e fará somente o bem da Humanidade.

 

Juarez de Oliveira Castro

Mestre Maçom (Instalado)

Loja “Alferes Tiradentes” nº 20 - Florianópolis-Santa Catarina

juacastr@gmail.com

"A verdade deve manifestar-se em nossos pensamentos, nossas palavras e nossas ações"
 
Mahatma Gandhi
"Jamais permita que os nós tapem a vista da janela, pois será através dela que enxergaremos a oportunidade dos laços!"

 

Áureo dos Santos